Série quando procurar o médico – dor de cabeça
por: Caio Matsubara

 

Quase todas as pessoas já tiveram pelo menos alguma dor de cabeça na vida

Por isso, devemos saber distinguir qual dor de cabeça (cefaléia) devemos procurar o médico ou pronto socorro.

Esses são principais sinais de alerta:

  • Dor com início repentino, abrupto, sem febre, caracterizadas como “a pior dor da vida”;

  • Mudança no padrão de dores de cabeça, nos pacientes que apresentam cefaleia recorrentes, com alteração na frequência da crise ou gravidade;

  • Dor de cabeça começando em idades incomuns, menores de 5 anos, e maiores de 50 anos de idade;

  • Sintomas sistêmicos (febre, perda de peso) ou fatores de risco secundários (HIV, câncer gravidez);

  • Início da dor de cabeça associadas a desmaio, esforços, atividade sexual;

  • Dor de cabeça que acorda o paciente;

  • Sintomas neurológicos ou sinais anormais (confusão, deterioração do estado de alerta ou consciência), com sinais de irritação meníngea, Babinski, alteração visual;

  • Dor ocular (hiperemia, midríase, nos pacientes com glaucoma);

A grande maioria dos casos de dor de cabeça está relacionada ao estresse ou a enxaqueca, mas existem várias doenças que podem cursar com a dor de cabeça como sintoma. Por isso procure o seu médico caso apresente algum desses sinais de alerta, ou tenha alguma dúvida.

Caio Matsubara – Clínico Geral 

 

Tem interesse em abrir uma franquia Atend Já em sua cidade? Seja um franqueado, para baixar a nossa apresentação CLIQUE AQUI

Deixe um comentário

Your email address will not be published.

Agendar ConsultaSeja um franqueado