1

Hepatite viral – Campanha julho amarelo

Você sabe o que é hepatite? A hepatite é caracterizada pela inflamação do fígado, podendo ser causada por agentes infecciosos, álcool, medicamentos, e pelo excesso de gordura no fígado. (esteato-hepatite)

O ministério da saúde adotou o mês de julho como o mês para alertar a população sobre o tratamento e prevenção das hepatites virais.

Segundo dados do ministério da saúde, cerca de 3 milhões de pessoas estão infectados pelo vírus da hepatite C, mas não sabem que têm o vírus.

Dentre os tipos de vírus que causam a hepatite o vírus A, B e C, são os mais conhecidos e os mais freqüentes, mas existem também os tipo D, E, G

O vírus da Hepatite A, é que tem o maior numero de casos, transmitido pela contaminação da água e alimentos, geralmente causam uma infecção leve, com raros casos graves de insuficiência hepática, devido a forma de contagio é mais freqüente contrairmos durante a infância ou adolescência. Existe vacina.

O vírus da hepatite B, é o segundo vírus com maior numero de casos, sua forma de contágio se dá pelo contato sanguíneo contaminado através de machucados e mucosas, e transmissão sexual. Por isso é reforçado a população o cuidado com objetos de manicure como alicates, tesouras e giletes, não sendo recomendado o seu uso compartilhado, outra forma de prevenção é usar sempre preservativos, e realizar a vacinação. Pode evoluir para cura completa ou em alguns casos para a cronificação.

Vírus da hepatite C, sua maior forma de contagio se dá também pelo sangue contaminado. A maior preocupação com o vírus da hepatite C, é que a maioria dos casos a infecção passa desapercebida, e poucos casos evoluem para a cura espontânea, a maioria evolui para estados crônicos, podendo evoluir para a cirrose e aumentando o risco de câncer do fígado.

Os sintomas dependem muito do tipo do vírus e do estado de saúde do paciente, a grande maioria dos casos é assintomática, mas  os sintomas mais comuns são geralmente inespecíficos como fadiga, náuseas e perda do apetite. A icterícia é o sintoma mais especifico, e se caracteriza pelo amarelamento dos olhos (conjuntiva) e da pele, podendo alterar a cor da urina (cor mais escura) e as fezes (fezes brancas).

O diagnóstico é realizado na maioria dos casos após a infecção, através da coleta de sangue e identificação de sorologia positiva para os determinados vírus. Portanto neste mês de Julho procure o seu médico para informar-se sobre a hepatite e prevenir desta doença tão freqüente na população mundial.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.